Previsão do tempo
max. 28 | min. 24
Chuvas esparsas
Cotação
Dolar R$ 4,99
Euro R$ 5,41

Previsão do tempo

max. 28 °C

min. 24 °C

Chuvas esparsas

Comissão de Investigação das enchentes no Vale Verde cobrando geral!

Pedido de condução coercitiva para secretário de manutenção é protocolado no MP.


Os integrantes da CEI que está apurando as enchentes no bairro Vale Verde, protocolaram HOJE no Ministério Público, um pedido para que o Secretário de Manutenção da cidade compareça de forma coercitiva para dar esclarecimentos.

A comissão formada pelos vereadores Alessandro Oliveira (PL), Guilherme do Salão (PROS) e Allan Matias (PSDB) investiga eventuais ações e omissões de órgãos públicos e concessionárias nas enchentes que ocorrem no bairro.

Como o secretário de Manutenção Urbana e Serviços Públicos, convocado, não comparece e não justifica sua ausência, os vereadores foram até o MP protocolar um pedido de condução coercitiva.

A COBRANÇA ESTÁ SENDO GERAL!

Tudo porque no dia 10 de março, representantes da RUMO, Ecovias, Ecorodovias, e os secretários de Meio Ambiente e Obras da cidade foram ouvidos, mas, ao que parece, precisa que a Prefeitura faça a sua parte por meio da Secretaria de Manutenção.

Apesar de falarem em “saldo positivo” em entrevista à Tv Câmara, o que todos querem saber é quando vão começar as obras!

Os moradores do bairro Vale Verde podem ficar tranquilos, que dessa vez será resolvido essa questão dos moradores e enchente do bairro Vale Verde, disse o presidente Alessandro Oliveira.

Indagados, os presentes disseram:

Halan Clemente (Secretário de Meio Ambiente) – que um relatório sobre o tema apontou a urgência para resolver a situação e foi encaminhado a Defesa Civil do município e para a CETESB, solicitando uma autorização para a realização de intervenções no local, inclusive em área de proteção ambiental dentro do bairro. Ressaltou o problema mais grave na drenagem está na área de mangue, após as áreas de concessão e ressaltou que para realizar alguma ação na região, necessita de autorização de órgãos de meio ambiente e de trabalhos específicos para atuar no local.

Marcos Quarterolli (Secretário de Obras) alegou que é necessário um estudo hidrográfico, para que se possa realizar um plano técnico/financeiro.

Já o representante da Rumo, disse que o trabalho da prefeitura dentro do bairro é fundamental para que os serviços das concessionárias não sejam em vão e o trabalho precisa ser em conjunto com todos os órgãos envolvidos na questão.

O secretário de Meio Ambiente disse que ainda não foram iniciadas porque precisa ocorrer uma intervenção dentro do bairro, como a limpeza da rede de drenagem, para que os serviços realizados no mangue e pelas concessionárias não sejam perdidos.

Na fala do presidente da CEI, “as empresas afirmaram que vão colaborar, participar, contratar e fazer de fato a parte deles”. O vereador ainda sugeriu que elas assumissem as intervenções dentro do bairro, pelo motivo de mais agilidade no processo de contratação, e elas ficaram de dar uma resposta no prazo de duas semanas.

Enquanto isso, eles esperam que o secretário de manutenção da cidade compareça na próxima reunião marcada para o dia 24 de março.

A situação que deu ensejo a CEI ocorreu no último dia do ano de 2021.


Compartilhar

Comentários

registro na binance

09 de Jan 2024 - 21h44

Your article helped me a lot, is there any more related content? Thanks! https://www.binance.info/pt-PT/join?ref=YY80CKRN

Deixe seu comentário

Notícias relacionadas

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Desenvolvido com ❤️ e ☕ por Julimar Jr.