Previsão do tempo
max. 23 | min. 19
Chuva
Cotação
Dolar R$ 5,17
Euro R$ 5,55

Previsão do tempo

max. 23 °C

min. 19 °C

Chuva

Cancer de Pele, como prevenir.

A cada três tipos de câncer diagnosticados, um deles é de pele. O que faz deste tipo de câncer, o mais frequente no Brasil e no mundo.


Câncer de pele é um tumor que atinge a pele, sendo o câncer mais frequente no Brasil e no mundo. É mais comum em pessoas com mais de 40 anos e é considerado raro em crianças e pessoas negras. Causado principalmente pela exposição excessiva ao sol.

O câncer de pele ocorre quando as células se multiplicam sem controle e pode ser classificado de duas formas: CÂNCER DE PELE MELANOMA, esse tem origem nas células produtoras da melanina, substância que determina a cor da pele, e é mais frequente em adultos brancos e outro é o CÂNCER DE PELE NÃO MELANOMA , esse é mais frequente no Brasil, e responsável por 30% de todos os casos de tumores malignos registrados no País.

Imagens: Web / Divulgação

O câncer de pele MELANOMA pode aparecer em qualquer parte do corpo, na pele ou mucosas, na forma de manchas, pintas ou sinais. Em pessoas de pele negra, ele é mais comum nas áreas claras, como palmas das mãos e plantas dos pés. O CÂNCER DE PELE NÃO MELANOMA, mais comum no Brasil, tem alta chance de cura, desde que seja detectado e tratado precocemente. Qualquer pessoa pode desenvolver o câncer de pele, mas aquelas com pele muito clara, albinas, com vitiligo ou em tratamento com imunossupressores, são mais sensíveis ao sol. O câncer de pele é mais comum em pessoas com mais de 40 anos.

CÂNCER DE PELE MELANOMA – Imagem: Web / Divulgação
CÂNCER DE PELE NÃO MELANOMA – Carcinoma Basocelular de Pele – Imagem: Web / Divulgação
CÂNCER DE PELE NÃO MELANOMA – Carcinoma Espinocelularde de Pele – Imagem: Web / Divulgação

É considerado raro em crianças e pessoas negras, exceto pessoas com essas características que tenham algum outro tipo de problema cutâneo. O diagnóstico do câncer de pele é feito pelo dermatologista por meio de exame clínico. Em determinadas situações, é possível que o profissional de saúde utilize o exame conhecido como “Dermatoscopia”, que consiste em usar um aparelho que permite visualizar camadas da pele não vistas a olho nu. Em situações mais específicas ainda é necessário fazer a biópsia. A biópsia é o exame indicado para a confirmação diagnóstica do câncer de pele. O material coletado deve ser encaminhado para o laboratório de anatomia patológica que emitirá o laudo.

Exame Clínico de diagnóstico do CÂNCER DE PELE / Imagem: Web / Divulgação
TESTE ABCDE – Imagem: Juntos Contra o Melanoma / Divulgação

CUIDADOS DE PREVENÇÃO

A principal recomendação para a prevenção do câncer de pele é evitar a exposição ao sol, principalmente nos horários em que os raios solares são mais intensos (entre 10h e 16h), bem como utilizar óculos de sol com proteção UV, roupas que protegem o corpo, chapéus de abas largas, sombrinhas e guarda-sol.
Atualmente, estão disponíveis no mercado roupas e acessórios com proteção UV, que dão maior proteção contra os raios solares. Em caso de exposição solar necessária, principalmente em torno do meio-dia, é recomendada a procura por áreas cobertas que forneçam sombra, como embaixo de árvores, marquises e toldos, com o objetivo de minimizar os efeitos da radiação solar. A prevenção sempre será a melhor forma de viver com saúde funcional.
Cuidados de Prevenção – Imagem: SUS / Ministério da Saúde / Divulgação


Compartilhar

Comentários

Nenhum comentário

Deixe seu comentário

Notícias relacionadas

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Desenvolvido com ❤️ e ☕ por Julimar Jr.