Previsão do tempo
max. 30 | min. 19
Tempo limpo
Cotação
Dolar R$ 5,36
Euro R$ 5,75

Previsão do tempo

max. 30 °C

min. 19 °C

Tempo limpo

O plebiscito da emancipação de Cubatão

Em 1948, o distrito de Cubatão tinha apenas 6.570 habitantes, quando ocorreu o plebiscito pela criação do novo município.


O então distrito de Cubatão tinha apenas 6.570 habitantes, a maioria dos quais (4.683) morando na zona rural (conforme o censo de 1940), quando em 1948 ocorreu o plebiscito em que eles decidiriam pela emancipação, com a criação de um novo município.

Foto publicada pelo do jornal Costa Norte, de Bertioga/SP, em 09/04/2005, no caderno especial Cubatão 56 Anos

Esta foto histórica é do plebiscito ocorrido em 17 de outubro de 1948, em que 1.017 pessoas votaram pelo desmembramento de Santos, apenas 82 preferiram a manutenção do distrito e ocorreu um voto em branco.


Foto publicada pelo jornal santista A Tribuna, em 09/04/1999, no caderno especial Cubatão 50 Anos


Foi assim sancionada a Lei 233, apresentada na Assembléia Legislativa pelo Deputado Lincoln Feliciano, com o novo quadro territorial e administrativo paulista, já incluindo o novo Município de Cubatão, a vigorar a partir de 1º de janeiro de 1949. Quatro meses depois, eleitos prefeito e vereadores, Cubatão ganhou enfim a sua autonomia, em 09/04/1949.

Uma comissão de notáveis do então distrito liderou o pleito pela autonomia de Cubatão, conseguindo em 1948 o que não tinha sido possível em 1833.

Foto publicada jornal santista A Tribuna, em 09/04/1995, no caderno especial Cubatão 46 Anos

Relembra o jornal A Tribuna, no caderno especial sobre os 46 anos do município cubatense, em 09/04/1995:

O primeiro município de Cubatão foi oficialmente criado em 12 de agosto de 1833, pela Lei 24. É por isso que, no brasão do Município, aparecem duas datas; 1833 e 1949. A primeira emancipação não deu certo e o Município não chegou a constituir-se. Em 1841, Cubatão passou a ser bairro de Santos.

Com a construção da Estrada de Ferro Santos-Jundiaí, em 1867, a Cidade de Cubatão entra em franco declínio. Cubatão deixou de ser ponto de parada. Já se podia ir direto de trem entre Santos e São Paulo.

Começa o ciclo da banana, largamente cultivada nos mangues onde antes se plantara cana-de-açúcar no tempo dos manuéis. Cubatão chegou a exportar banana para a Argentina, por volta de 1920. A atividade durou até as primeiras décadas deste século (N.E.: século XX).

Cinco anos depois, jornal cubatense destaca em sua capa a emancipação do município
Imagem: reprodução do Cubatão Jornal, de 9 de abril de 1954



Notícia atualizada em 26/09/2023 22h12

Compartilhar

Comentários

A História da pequena Ferrovia da Cia. City de Santos, no Vale do Rio Pilões - TPC Notícias

19 de Nov 2023 - 14h48

[…] O plebiscito da emancipação de Cubatão […]

Os emancipadores de Cubatão são dez - TPC Notícias

26 de Set 2023 - 22h23

[…] O plebiscito da emancipação de Cubatão […]

Deixe seu comentário

Notícias relacionadas

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Desenvolvido com ❤️ e ☕ por Julimar Jr.